Brasileiros que vivem em Montevidéu, compartilham dicas sobre como desfrutar a capital uruguaia.

 


Adoro fazer…
Adoro fazer…
“O que realmente me encanta em Montevidéu é caminhar pelas ruas olhando pra cima. Sempre tropeço em algo fazendo isso, mas não tem jeito: adoro andar entre os edifícios e as casas antigas admirando os seus balconcitos (sacadas), e imaginando as histórias que estão por trás deles. Os bairros Cidade Velha, Sur e Palermo são os meus preferidos.”

Arrumando a mala…
Arrumando a mala…
“Arrumar a mala para viajar rumo a Montevidéu pode ser uma experiência desafiadora. Mesmo com as quatro estações do ano muito bem definidas, sempre existe a possibilidade de que ocorram dias ventosos e noites frias durante verão, assim como temperaturas mais amenas em pleno inverno. Ou seja, é necessário estar preparado para tudo.”

Comendo bem…
Comendo bem…
“Um local que recomendo é o restaurante El Viejo y el Mar, localizado no moderno bairro Punta Carretas. Esse restaurante oferece uma gastronomia variada, incluindo desde comidas típicas uruguaias até a famosa paella, um dos pratos mais requisitados do cardápio.”

Curtindo a noite…
Curtindo a noite…
“A noitada uruguaia começa bem tarde, tipo às 2 horas da madrugada. Antes desse horário, as pessoas costumam se reunir em bares ou na casa de amigos, e curtem as previas (esquentes). Recomendo ir a lugares como Mona, Doña Marta e Bar Lola.”

Economizando dinheiro…
Economizando dinheiro…
“Para quem está passeando pelos bairros Centro e Cidade Velha, e necessita se locomover de ônibus entre ou dentro dos mesmos, a dica é solicitar um boleto céntrico, um tipo especial de passagem com custo inferior ao da tarifa comum, exclusivo da zona. Seguindo esse conselho, a economia é de aproximadamente R$ 0.80 por cada vez que você subir em um ônibus.”

Hospedando-se nas melhores zonas…
Hospedando-se nas melhores zonas…
“Os bairros Pocitos e Punta Carretas formam parte do lado mais moderno da cidade, sendo banhados pelo Rio da Prata, e reconhecidos por oferecer muitas opções de atividades ao ar livre. São muito bem servidos de restaurantes, farmácias e supermercados, além de estarem a apenas 30 minutos, em ônibus, do Centro e da Cidade Velha.”

Meu lugar favorito…
Meu lugar favorito…
“Entre os lugares que eu adoro frequentar está a Praça Zabala. O ambiente local é muito agradável, e com suas árvores e a bela arquitetura do seu entorno, inspira uma sensação única de paz e tranquilidade, característica do tradicional bairro Cidade Velha. Para quem estiver na zona, indico também uma visita ao elegante Palácio Taranco.”

Movendo-se pela cidade…
Movendo-se pela cidade…
“Ônibus por aqui não é caro, e tomar taxi também é bem acessível. Mas como quase tudo fica perto, quer uma dica de verdade? Vá a pé ou de bicicleta! Você acaba conhecendo mais detalhes da cidade, economiza dinheiro e ainda se exercita.”

Vivendo na capital…
Vivendo na capital…
“Viver em Montevidéu é um privilégio. Nas suas ruas é possível caminhar com uma tranquilidade semelhante a de pequenas cidades de interior, enquanto que nas suas grandes avenidas é possível viver um toque da intensidade e do agito característico de uma metrópole. E entre a calma e o movimento se encontra a essência e a magia dessa encantadora cidade. ”

 

Gostou? Compartilhe! Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone